ESTUDO LITOGEOQUÌMICO DOS GRANITÓIDES DO NORTE DO MATO GROSSO (BRASIL), LITOGÊNESE DO SISTEMA PLUTÔNICO GRANÍTICO PÓS-COLISIONAL A INTRAPLACA NA PORÇÃO SUL DO CRÁTON AMAZÔNICO.

Said Abdallah

Abstract


Através do estudo de litogeoquímica dos granitos localizados no norte do Mato Grosso (Brasil) permitiu identificar características geoquímicas, em relação aos elementos menores e maiores, de séries magmáticas cálcio-alcalina alto K, semelhantes aos granitos tipo A2, possivelmente com origem  mantélica contaminado por elementos crustais. A assinatura geoquímica assemelha-se aos granitos de sistemas Pós-colisionais a Pós-orogênicos, alguns tendendo para características geoquímicas de ambiente de sistemas Intraplaca a Anorogênicos. As idades geocronológicas U-Pb situam-se entre o Orosiriano (Paleoproterozóico) até o Calimiano (Mesoproterozoico) e em função da distribuição multielementar e o padrão de elementos terras raras, aplicando-se vários modelos discriminantes, estes apresentam uma mesma origem ou fonte primordial para estas granitogêneses.

 

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21715/gb.v32i1.509

Refbacks

  • There are currently no refbacks.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia